28 de janeiro de 2010

Moçambique: Arranca Festival Marrabenta



Arranca Festival Marrabenta

As cidades de Maputo e Matola, os distritos de Marracuene, Chibuto e Chókwè, nas províncias de Maputo e Gaza, respectivamente, acolhem de hoje até 12 de Fevereiro próximo a terceira edição do Festival Marrabenta Moçambique/2010. Organizado pela Logarítimo, o festival vai juntar em vários palcos músicos conceituados da marrabenta e jovens aspirantes a músico, e que apreciam este ritmo popular.

Com efeito, segundo uma nota de imprensa em nosso poder, estão programados seis espectáculos musicais, cinco workshops e palestras sobre a origem do ritmo marrabenta.

Para dar início à festa da marrabenta está marcado para noite de hoje, um concerto musical a ter lugar no Centro Cultural Franco-Moçambicano (CCFM). Velhas glórias e jovens vão partilhar o palco dando boas vindas ao maior festival da marrabenta, que tem o patrocínio da mcel e BCI.

Os workshops com temáticas Passado, Presente e Futuro da Marrabenta; História e Iniciação da Marrabenta; Bailarinos Profissionais e Amadores, corporizam a parte teórica do festival, permitindo a troca de conhecimentos sobre a marrabenta.

A Escola Nacional de Música, a Universidade Eduardo Mondlane, o Auditório Municipal da Matola, o Centro Cultural de Matalane e a Casa de Cultura do Alto-Maé são os locais onde vão decorrer as palestras.

À semelhança da edição anterior, está agendado o comboio da marrabenta, que vai partir de Maputo para marracuene (cerimónia de Gwaza Muthini), no dia 2 de Fevereiro. O comboio da Marrabenta irá permitir o convívio entre os artistas e apreciadores deste ritmo.

Maputo, Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010:: Notícias

LEGO: a brincar desde 1958



LEGO: a brincar desde 1958

Se hoje comprarmos peças de LEGO novas e tentarmos montá-las com peças de há 50 anos, elas ainda são compatíveis. Este é provavelmente um dos segredos do sucesso da LEGO. Dizer que a indústria dos brinquedos tem de se renovar permanentemente, como tantas outras, é um lugar comum. Mas a LEGO dá aos seus fãs (nem todos crianças) a segurança de saber que as peças que compram nunca vão passar à história: basta montá-las de outra maneira para se ter um novo brinquedo. O limite é o da imaginação.

A ideia de um sistema de peças de vários tamanhos e cores, que se podiam montar num número incalculável de combinações, foi de Godtfred Kirk Christiansen, filho do fundador da LEGO. A marca LEGO (do dinamarquês LEG GODT, "brinca bem") tinha surgiu em 1932 pela mão do carpinteiro Ole Kirk Christiansen, que fazia brinquedos em madeira. Christiansen (filho) patenteou o modelo das peças montáveis a 28 de Janeiro de 1958, e desde então a LEGO não parou de crescer.

Depois das peças, surgiram as personagens; depois, os robots; e, por fim, os produtos licenciados, associados a histórias (Star Wars, Indiana Jones). Em 2000, a Fortune considerou os LEGO o "Brinquedo do Século" - à frente de rivais como a Barbie ou o clássico ursinho de peluche. E em 2008, ano de recessão, a LEGO continuou a crescer.

A receita parece ser simples: versatilidade, durabilidade. E muita cor.

26 de Janeiro de 2010

China: Desfile adocicado



Desfile adocicado

Uma modelo desfila com uma criação parcialmente feita de chocolate na cerimónia de abertura do parque temático "Chocolate Wonderland", em Pequim. O evento decorre até Março e apresenta na capital chinesa uma exposição com diversos objectos feitos a partir de chocolate.

Foto@Lusa/EPA/Diego Azubel

Alemanha: Um abraço caloroso



Um abraço caloroso

Lontras de dois meses aquecem-se na sua toca no parque Sea Life em Oberhausen, na Alemanha.

Foto@Lusa/EPA/Roland Weihrauch

Fila indiana



Fila indiana

Soldados indianos marcham na parada do Dia da República, em Nova Deli.

Foto@Lusa/EPA/Harish Tyagi

26 de janeiro de 2010

Manifestações em várias capitais mundiais a favor dos Bosquímanos


A favor dos Bosquímanos

Manifestações em várias capitais mundiais

Pretoria (Canalmoz) - A organização «Survival International» tem projectada para o próximo dia 3 de Fevereiro uma série de manifestações defronte dos estabelecimentos comerciais da Tiffany em Londres, Paris, Berlin, Madrid e São Francisco em protesto contra o financiamento de furos de água destinados a animais selvagens em território pertencente aos bosquímanos. O povo bosquímano do Botswana está impedido de ter acesso aos seus próprios furos de água. A Tiffany é uma empresa dedicada ao comércio de artigos de joalharia, incluindo diamantes extraídos de minas situadas nas terras dos bosquímanos no Botswana.

Estima-se em 100.000 o número de bosquímanos a viver presentemente no Botswana, Namíbia, África do Sul e Angola. Trata-se de um povo indígena da África Austral, aí residindo há dezenas de milhares de anos.

Na região centro do Botswana situa-se a Reserva Central de Animais Bravios do Kalahari Central (CKGR). Esta reserva foi criada no intuito de se protegerem as terras tradicionais de 5.000 bosquímanos Gana, Gwi e Tsila (e os Bakgalagadi, seus vizinhos), e espécies de animais selvagens das quais esse povo depende.

Matola: Pedidos de chuva marcam abertura da época de Canhu



Província de Maputo


Pedidos de chuva marcam abertura da época de Canhu

Maputo (Canalmoz) - Foi aberta, no último Sábado, a época de Canhu a nível do Município da Matola numa cerimónia que decorreu no Bairro de Mulotane, nos arredores daquela urbe.
Populares ali residentes e outros oriundos de vários pontos das cidades de Maputo e Matola fizeram-se em massa ao local e protagonizaram espectáculos de exaltação dos antepassados, fazendo preces para que estes deixem a chuva cair e molhar as terras para a produção de comida.
De acordo com alguns populares, a falta de chuva vem originando algumas bolsas de fome na zona, e que por isso mesmo, caso a estiagem se prolongue, um elevado número de pessoas será castigado pela fome.
O evento foi dirigido pelo régulo de Mulotane, Mateus Mbompo Matsolo, e decorreu durante o dia até ao princípio da noite.
A ausência notória de representantes do Conselho Municipal de Maputo e do Governo da Província de Maputo, que alegadamente se encontravam num outro local onde decorria uma cerimónia idêntica, foi mal encarada pela população de Mulotane.
O régulo Mateus Matsolo, visivelmente emocionado, reconheceu a escolha do seu regulado como sede das cerimónias centrais de abertura da época de Canhu, a nível do Município da Matola, e assegurou que os antepassados vão responder aos pedidos de chuva dos seus súbditos.

(Bernardo Manhiça)
2010-01-26

25 de janeiro de 2010

Angola: Luanda cidade linda comemora hoje 434 anos



Luanda cidade linda comemora hoje 434 anos

Dos muitos atractivos que Luanda tem para oferecer podemos encontrar inúmeros pontos turísticos. Entre eles vamos destacar alguns que ninguém deve deixar de ir visitar.

Temos uma cidade maravilhosa, e há muitos dos nossos "kaluandas" que não conhecem muita da beleza pela qual estão rodeados.

Em alusão 434 anos de existência da nossa capital sugerimos alguns dos pontos luandenses que não devem deixar de ser vistos:

IGREJAS

Devotos luandenses expressam as suas religiosidades nos mais diversos templos da cidade. Religiosos participam de muitas actividades que as igrejas organizam.

A Igreja Nossa Senhora dos Remédios que foi fundada em 1679 é a actual Sé de Luanda, encanta pelas frondosas palmeiras e pelas torres gemias que enobrecem a fachada.

Também do século XVII foi fundada uma igreja simpática, a Igreja da Nazaré, junto á marginal com dois tambarineiros seculares em seu adro e magníficos azulejos históricos no seu interior.

A Igreja do Carmo é outra que deve ser visitada pela sua beleza e majestade.

Alemanha: "Scorpions" anunciam o fim da banda


"Scorpions" anunciam o fim da banda

A banda de rock alemã "The Scorpions", anunciou este domingo a intenção de encerrar os seus 40 anos de carreira após um último álbum e uma derradeira tourné.

A banda é famosa pela balada "Wind of Change", lançada em 1990 como um símbolo da queda do Muro de Berlim. A música tornou-se rapidamente um grande sucesso internacional, e chegou aos tops do mundo inteiro em 1991.

"Sim, vamos parar", confirmou o fundador da banda, o guitarrista Rudolf Schenker, de 61 anos, em declarações ao tablóide alemão "Bild am Sontag".

"Estamos neste momento a trabalhar no nosso último álbum, e a preparar a nossa última tourné", que deverá durar dois ou três anos, acrescentou, explicando que a decisão se deve à idade avançada dos membros da banda.

"Queremos sair de forma digna", declarou Rudolf Schenker.

"A ideia é encerrar a nossa carreira com um álbum de forte impacto e uma tourné espectacular", destacou o vocalista Klaus Meine, de 61 anos.

O 22º e último álbum da banda fundada em 1965 deve chamar -se "Sting in the tail" e deve ser lançado no dia 19 de Março, segundo o jornal "Bild am Sontag".

Sspo MZ, 25 de Janeiro de 2010

24 de janeiro de 2010

Xigubo - Dança tradicional moçambicana



Xigubo - Dança tradicional moçambicana

Xigubo é uma dança tradicional moçambicana e que representa a resistência colonial do país sobretudo na região sul. Maioritariamente praticada nas regiões interiores de Gaza e Maputo, a dança tem poucos praticantes ao nível das cidades.

É tendo em conta este facto que a Associação Cultural Ucheni, localizada na Cidade de Maputo, está a desenvolver um programa que visa ensinar os passos do xigubo a crianças.

Wazimbo é um clássico da música moçambicana


Wazimbo é um clássico da música moçambicana

O músico moçambicano Humberto Benfica, ou simplesmente Wazimbo como é popularmente conhecido, foi o convidado desta semana da “Noite de Abraços” que teve lugar no Restaurante Sheik, na capital do país. Foi uma noite em que amigos e admiradores do cantor tiveram a oportunidade de conhecer as origens do músico, bem como tirar algumas dúvidas sobre as letras dos temas interpretados por Wazimbo.

Coube a Aurélio Le Bon, antigo promotor musical, fazer a “declaração de amor” por Wazimbo, tendo na ocasião dito que “Wazimbo é um clássico da música moçambicana e enquadra-se no grupo de artistas como Fany Mpfumo, o rei da marrabenta”.

A caminho dos 62 anos, Wazimbo explicou a origem do seu nome artístico, tendo dito que acabou adoptando-o na infância numa brincadeira de amigos. “Fomos ver um filme japonês e no final ficamos atentos à ficha técnica, tendo escolhido para mim o nome de Wazimbo e o Hortênsio Langa escolheu o nome de Totanka Mink, mas acabou não adoptando-o como a sua identificação no mundo artístico”.

Vários depoimentos sobre a vida e carreira de Wazimbo foram apresentados nesta “Noite de Abraços”, destacando-se o do guitarrista e cantor Hortênsio Langa que é amigo de Humberto Benfica desde os sete anos. “Há mais de 40 anos que partilho os mesmos palcos com Wazimbo que sempre foi uma pessoa humilde e soube conviver com a fama como cantor, sendo por isso que até hoje as suas músicas são adoradas em Moçambique e pelo mundo”, disse Hortênsio Langa que já gravou vários temas com o homenageado tendo ambos prometido “gravar uma música nova este ano”.

No final do evento, Pedro Muiambo, organizador desta iniciativa anunciou que o próximo convidado da “Noite de Abraços” será o escritor moçambicano Eduardo White.

Alfredo Lituri



Sapo MZ, 24 de Janeiro de 2010

Cabo Verde: Há uma cidade ainda mais velha sob a Cidade Velha


Cabo Verde: Há uma cidade ainda mais velha sob a Cidade Velha

Christopher Evans Arqueólogo britânico

As obras de saneamento básico da Cidade Velha permitiram descobrir uma desconhecida fisionomia da Ribeira Grande de Santiago muito diferente da actual, onde imperava o luxo e a riqueza dos tempos áureos da primeira capital de Cabo Verde.

“A Cidade Velha teve um passado cosmopolita e, ao que tudo indica, teria dois portos e um elevado número de igrejas e de casarões de dois pisos. É fácil, agora, perceber a riqueza desta cidade mercantil”, explicou à Agência Lusa o Director do Departamento de Arqueologia da Universidade de Cambridge (Inglaterra).

Christopher Evans não tem quaisquer dúvidas. Nos séculos XV, XVI e XVII, a Ribeira Grande de Santiago, hoje também conhecida por Cidade Velha, 15 quilómetros a oeste da Cidade da Praia, teve um período áureo, mas os sucessivos ataques dos piratas, entre eles os do britânico Sir Francis Drake, acabaram por destruir totalmente o centro da primeira cidade construída pelos europeus nos trópicos, a partir de 1462.

Lusa, 24 de Janeiro de 2010

Haitianos partem do Port-au-Prince



Haitianos partem do Port-au-Prince

Após o sismo no Haiti, vários sobreviventes da catástrofe procuram refúgio noutras localidades do país. Muitos partem em pequenas embarcações consideradas pouco seguras. Os sobreviventes também já se deslocaram para a República Dominicana que mantem as fronteiras abertas.

foto@ EPA/Benjamin J. Myers

Portugal: Roda no ar



Roda no ar

Aspecto da intervenção urbana na Estrada Nacional nº1, uma das muitas ruas e estradas portuguesas alvo de estudo do geógrafo e investigador Álvaro Domingues, percorridas para escrever "A Rua da Estrada", livro que vai ser apresentado no próximo dia 06 de Fevereiro no Porto. No Plano de Estradas de 1945 esta estrada era a principal da Rede Nacional, ligando Lisboa ao Porto.

Foto@Lusa/Estela Silva

China: Dia frio no jardim zoológico



Dia frio no jardim zoológico

Três macacos protegem-se conotra o frio em cima de um radidador de aquecimento num jardim zoológico na cidade de Qingdao, China. A vaga de frio tem afectado sobretudo o norte e o leste da China, e provocou a morte de milhares de pessoas.

Foto@EPA/Wu Hong

China: Corrida de bicicletas



Corrida de bicicletas

Vários ciclistas competem na prova de 15km Masculinos durante a Taça do Mundo de Ciclismo de Pista em Beijing, na China.

Foto@EPA/Diego Azubel

18 de janeiro de 2010

Na China: Tintin já pode ser oficialmente Dingding



BD: Na China, Tintin já pode ser oficialmente Dingding

Pequim, 14 Jan (Lusa) - Pela primeira vez, os álbuns de banda desenhada de Hergé, protagonizados pelo intrépido repórter Tintin, vão ter na China uma tradução autorizada e mais fiel ao original.

As aventuras de Tintin - ou Dingding em mandarim - serão publicadas este ano no mercado chinês com uma nova tradução, directamente do francês, e não do inglês, como acontecia até aqui.

A nova tradução ficou por conta de Wang Bingdong, um professor de francês na Universidade de Pequim, que dedicou três anos a traduzir as 22 histórias de banda desenhada de Tintin.

Lusa, 14 de Janeiro de 2010

Os melhores destinos para visitar em 2010



Os melhores destinos para visitar em 2010

Fique a conhecer os destinos eleitos pelo portal de reservas Hotels.com, pela companhia aérea British Airways e pelo guia de viagens especializado Lonely Planet, para 2010.

De acordo com a agência de viagens online Hotels.com, as cidades de Istambul, Varna, Marraquexe e Beirute serão os quatro destinos que estarão em voga durante o ano.

Este ano, Istambul será a Capital Europeia da Cultura em 2010 em conjunto com Essen (Alemanha) e Pécz, (Hungria) e destacar-se-á por ser um centro culturalmente diverso e cheio de vida cosmopolita que se encontra entre o continente europeu e o continente asiático, onde o Mar de Mármara e o Mar Negro se unem através do estreito do Bósforo.

Paquistão: Hora de ponta



Hora de ponta

O pesadelo da «hora de ponta» afecta várias populações de todo o mundo. Na foto pode ver-se que os engarrafamentos também já são comuns em Peshawar, no Paquistão.

Foto@EPA/Arshad Arbab

China: Soldadinhos de chocolate



Soldadinhos de chocolate

Cerca de 80 toneladas de chocolate foram usadas para criar a réplica do Exército de terracota, o exército de oito mil soldados, 300 cavalos e 200 carruagens, que guardam o mausoléu de Qin Shihuang, o primeiro imperador da China. A exposição World Chocolate Wonderland (Terra Encantada do Chocolate) poderá ser visitada no fim de Janeiro, em Pequim.

Foto@EPA/Diego Azubel

16 de janeiro de 2010

Moçambique: Investidura do Presidente Armando Guebuza


Investidura do Presidente Armando Guebuza

"O beijo" do Presidente Armando Emílio Guebuza e a Primeira Dama Maria da Luz Guebuza, ontem no acto de Investidura no Palácio da Independência.

Foto@Sérgio Costa

Futebol: Jogo Angola - Malawi



Jogo Angola - Malawi

Angola conseguiu a sua primeira vitória no CAN2010, ontem frente a selecção do Malawi.

Foto@AFP/Joe Klamar

Eclipse solar na Índia



Eclipse solar na Índia

Uma jovem indiana e a sua filha usam óculos especiais para ver o eclipse em Mumbai, na Índia, tal como milhares dos seus conterrâneos.

Foto@EPA/STR

Portugal: Cota máxima no Alqueva



Cota máxima no Alqueva

A barragem de Alqueva está hoje a fazer descargas com maior intensidade, como forma de manter a sua cota máxima de 152 metros.

Foto@LUSA/Nuno Veiga

China: Grande muralha de chocolate



Grande muralha de chocolate

Um artista alinha uma réplica do Exército em Terracota chinês, feita em chocolate, uma das peças da exposição "País das Maravilhas em Chocolate", que abrirá as suas portas no fim de Janeiro, em Pequim.

Foto@EPA/Oliver Weiken

13 de janeiro de 2010

Mussulo também quer ser Património Mundial da Humanidade



Mussulo também quer ser Património Mundial da Humanidade

Mussulo, a ilha a sul de Luanda, capital Angola também quer ser Património Mundial da Humanidade e tal como aconteceu no ano passado com a Cidade Velha, em Cabo Verde, pretende ser integrada na “Rota dos Escravos”, traçado que a UNESCO quer preservar. Leia aqui a por que é que o Mussulo quer ser Património Mundial da Humanidade, um artigo que reproduzimos aqui e retirado do Jornal de Angola.

“A tentativa de se implementar um verdadeiro e significativo projecto de turismo de memória, em Angola, tal como se verifica nos últimos anos, ligado ao mais longo período da história de Angola, no sentido heleno, o da escravatura, é deveras gratificante para a Nação. A propósito, o tema “Mussulo: uma península esclavagista”, apresentado na transição do ano 2009 para 2010, em “Noites do Novo Decénio”, realizada no Triângulo Turístico e Histórico – Cultural Kanawa Mussulo, em Luanda, vem, é claro, dar ênfase à abordagem sobre o aproveitamento das ilhas em frontispício da parte setentrional do “cárcere” - cidade de São Paulo de Loanda, na concentração, armazenamento e embarque de mulheres, homens e crianças, cativos, congos, ngolas, matambas, mundongos, imbangalas e cassanjes, para o Golfo de Guiné, à Península Ibérica e ao Novo Mundo (América).

Os Beatles à conquista da América


Os Beatles à conquista da América

Em Janeiro de 1964 começou o que veio a chamar-se nos Estados Unidos "a invasão britânica". Palavras de guerra para descrever a chegada triunfante do pop-rock inglês dos anos 60 ao outro lado do Atlântico, cujo primeiro triunfo veio pela mão dos Beatles: o quarteto de Liverpool chegou, viu e venceu.

As editoras americanas tinham hesitado em lançar nos Estados Unidos os primeiros trabalhos da banda - uma hesitação justificada também pelo visual dos Beatles, cujo penteado fazia torcer o nariz aos promotores americanos. As coisas mudaram quando, em Dezembro de 1963, o jornalista Walter Kronkite apresentou na CBS uma reportagem sobre a beatlemania no Reino Unido. Dias depois, um programa de rádio transmitiu pela primeira vez "I want to hold hand", despertando a atenção do público americano, e as editoras foram obrigadas a dar resposta: a Capitol lançou apressadamente o álbum, com saída prevista para algumas semanas mais tarde.

Em Fevereiro, os Beatles desembarcaram no aeroporto de J.F Kennedy, onde eram esperados por quatro mil fãs. "I want to hold your hand" tinha vendido, em duas semanas, mais de 2 milhões de cópias. A participação dos "Fab Four" no famoso Ed Sullivan Show, a 9 de Fevereiro, foi vista por 73 milhões de americanos.

O sucesso dos Beatles abriu portas a outras bandas inglesas, como os Rolling Stones. E os penteados da juventude americana, e de toda a geração de 60, nunca mais foram os mesmos.

13 de Janeiro de 2010

Alemanha: Um oásis no meio do gelo



Um oásis no meio do gelo

Apesar de estarem rodeadas de neve e gelo, várias pessoas nadam nas águas quentes das termas da floresta Spree, na Alemanha. Um verdadeiro oásis para quem se quer aquecer ao ar livre no Inverno.

Foto@EPA/Patrick Pleul

Polónia: Até o mar gelou!



Até o mar gelou!

As baixas temperatuas gelaram o mar na baía de Puck, na Polónia. Por lá, o frio extremo criou camadas de gelo com mais de 40 cm de espessura. Banho? Só para heróis!

Foto@EPA/Adam Warzawa

Alemanha: Nenúgares gelados


Nenúfares gelados

As temperaturas baixas gelaram pintaram de branco muitos nenúfares no lago de Hohenwutzen, na Alemanha. O frio que hoje se faz sentir em força em Portugal atinge também o restante continente europeu.

Foto@EPA/Patrick Pleul

Angola: Atentado em Cabinda



Atentado em Cabinda

O CAN 2010 foi marcado por um episódio lamentável - o ataque da FLEC a selecção do Togo no enclave de Cabinda, província do Norte de Angola, que provocou três vítima mortais,entre eles o treinador adjunto da equipa, Abalo Amelete. Esta fotografia foi tirada no último dia do ano de 2009 em Lome, capital do Togo. A selecção nacional comunicou que vai abandonar o campeonato.

Portugal: Hortas urbanas



Hortas urbanas

A Câmara de Ponte de Lima criou, em inícios de Novembro, o projecto "Hortas Urbanas", distribuindo, pelos munícipes interessados, lotes de terreno para cultivo agrícola, na Veiga do Crasto, mesmo às portas da sede do concelho. Foi vedada uma área expressamente para a implantação das "Hortas Urbanas", que, nesta primeira fase, disponibiliza 36 lotes, cada qual com uma área entre 40 a 45 metros quadrados.

Foto@Lusa/Arménio Belo

Japão: Banho gelado



Banho gelado

Nada melhor do que um banho gelado para purificar a alma e começar bem o novo ano. Este é o ritual que dezenas de pessoas realizaram, no Japão, para marcar a chegada de 2010.

Foto@EPA/Kimimada Mayama

Japão: Vai uma massagem?


Vai uma massagem?

As baixas temperaturas que se fazem sentir no Japão parecem não incomodar os «macacos da neve» que se banham nas termas naturais do Vale do Inferno (Jigokudani). Este «spa» natural tornou-se uma atracção turística devido à quantidade de macacos que lá se podem encontrar (cerca de 200) e à expressão de relaxamento que demonstram quando se banham na água quente.

Foto@EPA/Everett Kennedy Brown

1 de janeiro de 2010

Casa Poporului - um dos legados de Ceausescu



Casa Poporului - um dos legados de Ceausescu

Há 20 anos Ceausescu e a mulher foram fuzilados. Foi em 25 de Dezembro de 1989. Os romenos assumiram o poder nas ruas de Bucareste e o ditador fugiu num helicóptero. Por pouco tempo. Após a simulação de uma avaria, o piloto entregou o casal às forças armadas.

O legado foi aterrador. Pobreza, assassínios em massa, um número indeterminado de órfãos. Além de histórias que vão ficar na História de um casal obsessivo, louco. Até a série Dallas foi censurada, devido ao ciúme provocado em Elena Petrescu, a mulher de Ceausescu, por estar a ser ultrapassada em popularidade.

No legado do ditador existe uma obra que sintetiza o seu autor: o Palácio do Parlamento, antes designado Casa Poporului.

União Soviética: O nascimento de um país



União Soviética: o nascimento de um país

A 30 de Dezembro de 1922, representantes das delegações da Rússia, da Federação Transcaucasiana, da Ucrânia e da Bielorússia criaram formalmente a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. A revolução socialista, que tinha posto fim ao regime dos czares, liquidado a família imperial de Nicolau II e vencido os restantes adversários na guerra civil, tinha agora a casa arrumada para pôr em prática o modelo de sociedade e de economia que se propusera, num território que correspondia aproximadamente ao antigo império da Rússia.

O novo regime prometia uma nova era para as classes trabalhadoras. O modelo de organização do Estado assentava nos chamados sovietes - conselhos locais de operários, cujos representantes se reuniam no Congresso dos Sovietes, órgão que exercia o poder efectivo, de forma centralista.

Austrália: Feliz Ano Novo!


Feliz Ano Novo!

A Austrália já entrou em 2010! O fogo de artifício pelos céus da capital, Sidney, iluminou uma vez mais o porto da cidade, dando as boas vindas ao novo ano.

Foto@EPA/Dean Lewins

China: Escultura de gelo



Escultura de gelo

Escultores trabalham numa obra-prima de gelo que irá ser apresentada no Vasaloppet China 2010.

Foto@EPA/STR

Espanha: Banho de Ano Novo


Banho de Ano Novo

O primeiro banho de 2010 na praia espanhola de San Sebastian, no distrito de Barcelona, juntou uma autêntica multidão disposta a cumprir o ritual.

Foto@EPA/Toni Garriga

Guiné-Bissau: Sanhá desvaloriza regresso de Na Tchuto



Guiné-Bissau: Sanhá desvaloriza regresso de Na Tchuto

O Presidente da Guiné-Bissau, Malam Bacai Sanhá, desvalorizou quarta-feira, a chegada a Bissau, o regresso ao país do antigo chefe de Estado -Maior da Armada, que se encontra refugiado na sede das Nações Unidas na capital guineense.

É um cidadão que estava fora do país e decidiu voltar. Qual é o problema?", disse Malam Bacai Sanhá à chegada ao aeroporto, após 21 dias de tratamento médico no estrangeiro, adiantando que acompanhou todo o processo e esteve em permanente contacto com o primeiro-ministro, Carlos Gomes Júnior.

O presidente guineense regressa ao país numa altura em que o Governo e as Nações Unidas procuram uma solução sobre o destino a dar ao antigo chefe de Estado-Maior da Armada, José Américo Bubo Na Tchuto, acusado de ter liderado em Agosto de 2008 uma tentativa de golpe de Estado contra o antigo Presidente João Bernardo “Nino” Vieira.

São Tomé e Príncipe: PR acusado de desestabilização



São Tomé e Príncipe: PR acusado de desestabilização

O Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe/Partido Social Democrata (MLSTP/PSD) acusou, terça-feira, o presidente Fradique de Menezes de provocar instabilidade política ao aceitar exercer a presidência de um partido político, o MDFM/PL. “Isso poderá pôr em causa o clima de estabilidade política e social que o país tem vivido nos últimos tempos, cuja manutenção é imprescindível para a concretização dos importantes projectos de desenvolvimento de São Tomé e Príncipe”, diz o MLSTP em comunicado. Causou “a mais viva preocupação” ao MLSTP “o facto de o Presidente da República, Presidente de todos os são-tomenses, garante do normal funcionamento das instituições e que jurou solenemente defender a Constituição, se permitir a actos que violem a lei fundamental da república”.

Independência do Zimbabwe: Thatcher proibiu encontro com Mugabe



Nas vésperas da independência do Zimbabwe: Thatcher proibiu encontro com Mugabe

Margaret Thatcher proibiu em 1979 o seu enviado especial à então Rodésia (Zimbabwe) de se encontrar com Robert Mugabe, com o argumento de que “não se discute com terroristas antes de serem primeiros-ministros”, segundo arquivos oficiais britânicos segunda-feira desclassificados.

Thatcher, que em Maio de 1979 se tornou a primeira mulher a dirigir um governo britânico, iniciou funções quando na então Rodésia, hoje Zimbabwe, Robert Mugabe era apenas um opositor político, partidário da luta armada contra o regime segregacionista de Ian Smith.

Candongueiros! (Francisco Manjate)

Candongueiros!

Candongueiro é um termo que na década 80 ficou famoso ao ser atribuído aos açambarcadores e especuladores de produtos alimentares. Este apontamento faz ligação entre os candongueiros dessa época e os especuladores contemporâneos.

A dança que se vive na cidade de Maputo e um pouco por todo o país para a aquisição de cerveja e refrescos configura a incapacidade, ao extremo, das fábricas 2M e Coca-Cola em abastecer o mercado com estes produtos.

E ao discurso dado pelas duas empresas, em finais de Novembro e princípios de Dezembro, de que tinham stock’s suficientes para fazer frente à demanda dos consumidores substituiu-lhe o de que os clientes estavam a “guardar” os vasilhames em suas casas, razão principal para que estas não chegassem às fábricas para o seu respectivo enchimento. Quer dizer, nas reservas há muita bebida, o que não há são recipientes para transportá-la aos mercados.

Isto equivale a dizer que os clientes preferem ter em suas casas garrafas vazias ao invés de irem aos recintos de abastecimentos para comprarem cerveja e refrescos, muito necessários nesta quadra festiva. Esta é, no mínimo, uma filosofia ilógica e sem fundamentação.

Nampula: Polícia reforça protecção à residência de Dhlakama

Cidade de Nampula: Polícia reforça protecção à residência de Dhlakama

A Polícia da República de Moçambique (PRM) acaba de reforçar o seu dispositivo de segurança em frente à residência do líder da Renamo, Afonso Dhlakama, na cidade de Nampula, visando a protecção desta individualidade.

Esta movimentação começou a se verificar na última segunda-feira, dia em que o Conselho Constitucional (CC) validou e proclamou os resultados das eleições de 28 de Outubro passado, que conferem derrota à Renamo e ao seu candidato presidencial.

Com efeito, um grupo de membros da PRM constituído por agentes da Policia de Protecção, da Força de Intervenção Rápida (FIR) e outros da Polícia de Trânsito, devidamente equipados, encontra-se estacionado defronte da casa de Afonso Dhlakama, visando a sua protecção.

Moçambique: Polícia alveja filhos por terem comido frango

Polícia alveja filhos por terem comido frango

Um agente da Polícia da República de Moçambique (PRM) alvejou três menores, dois dos quais seus próprios filhos, por alegadamente terem consumido um frango que havia reservado para o seu jantar.

O caso ocorreu na noite de terça-feira, no bairro Cariacó, arredores da cidade de Pemba, tendo o protagonista sido identificado apenas pelo nome de Constâncio. Segundo relatos do incidente, o referido agente terá ficado contrariado com um dos filhos quando, ao chegar à casa, constatou que eles haviam comido o frango que se encontrava na panela. Na altura o filho mais velho, um adolescente com idade compreendida entre 15 e 16 anos, estava na companhia de um seu amigo. “Papá disparou para o mano e ele correu para trás de mim, mas, mesmo assim, ele disparou o segundo tiro”, contou o filho mais novo, que também presenciou o incidente. Na ocasião, o primogénito daquele elemento da PRM ficou ferido na caixa toráxica e o outro no braço, enquanto o amigo contraiu ferimentos na boca. Apesar de os três se encontrarem fora de perigo um deles ainda está sob cuidados intensivos.

Maputo, Sexta-Feira, 1 de Janeiro de 2010:: Notícias